quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Mala Branca cruzeirense, possível perda de mando de jogo do São Paulo e Bruno Senna na F1'2001 agitam o esporte

MALA BRANCA DÁ MUITO PANO PARA A MANGA

Um dia após o término da rodada do brasileirão já é mais que suficiente para uma grande polêmica aparecer: a mala branca cruzeirense.
Após o término de Barueri 2x0 Flamengo, alguns jogadores do time da Grande São Paulo admitiram a mala branca do Cruzeiro.

Renê foi o primeiro a dizer, em entrevista, que o time havia sido procurado por dirigentes de um clube que brigava diretamente com o Fla pela vaga na Libertadores, para acertar detalhes de um benefício financeiro em caso de vitória do Barueri, mas não revelou o nome da equipe. Porém o mistério durou pouco e, logo após, Val Baiano disse com todas as letras que o Cruzeiro seria o clube em questão.

Ainda hoje, a diretoria dos três clubes envolvidos se pronunciaram. A do Cruzeiro preferiu se fazer de desentendido, acusando os jogadores do Barueri de mentirosos; a diretoria do clube paulista se disse surpresa pela revelação dos atletas e, mesmo julgando desnecessária a necessidade do incentivo, prometeu apurar o fato internamente; já o Flamengo soltou o verbo. Além de divulgar nota onde reconhece a derrota para o Barueri, mas explicita a intenção de levar o caso a sério no STJD em nome do jogo limpo no futebol, o presidente do rubro-negro, Márcio Braga, ressalva que a mala branca é positiva desde que seja feita de maneira transparente, e joga mais fogo no circo, levantando suspeitas de irregularidades no caso.
"- Se quem deu (o dinheiro) está negando, e quem recebeu fala abertamente é porque existe algo grave. Como dizem os mineiros: debaixo desse angu tem carne. O Ministério Público tem que investigar. O doping positivo é válido, desde que seja feito às claras", declarou Braga

SÃO PAULO PODE PERDER APOIO EXTRA-CAMPO PARA RETA FINAL DO NACIONAL

Vivo na briga pelo título nacional, o São Paulo pode perder seu principal apoio fora dos gramados. É que o árbitro da partida São Paulo 1x0 Internacional relatou em súmula que um torcedor não-identificável (de qual torcida) invadiu o campo de jogo, por volta dos 35' do primeiro tempo, e paralisou o jogo por cerda de um minuto.

Porém, apesar de o STJD declarar que o tricolor pode perder o mando-de-campo para o restante da competição, o diretor de futebol do São Paulo, João Paulo de Jesus Lopes, acredita que a boa ação dos policiais em retirar imediatamente o indivíduo do campo e manter a ordem na partida possa ser suficiente para evitar uma punição ao time.

BRUNO SENNA IRÁ ESTREIAR NA F1 POR EQUIPE NOVATA

Após meses de especulações sobre a vinda de Bruno Senna para a Fórmula 1, a notícia positiva para os brasileiros veio nesta quinta-feira (29/10).
Bruno irá correr pela equipe Campos, escuderia espanhola novata na categoria, possivelmente junto com Pedro de la Rosa, atualmente reserva na McLaren.

O anúncio oficial deve acontecer em Abu Dhabi, última prova da temporada 2009 da Fórmula 1.
A escuderia deve ser patrocinada pela prefeitura da cidade de Murcia, na Espanha, sede da Campos, que pretende usar a equipe como atrativo turístico na região.

por Luiz Felipe

6 comentários:

Denilton "Pé" disse...

Isso sempre existiu,e sempre irá existir,e todos os clubes usam do mesmo expediente,só que quando é contra seu time,bota boca no mundo,todo ano a mesma historia.
Sobre a possivel perca de mandode jogo do São paulo,é bem possivel,por causa do rapaz que invadiu o gramado ontem.
Espero que o Bruno Senna,seja no minimo um terço que seu tio foi,já estará muito bom,pois igual acho que é impossivel.
Abs!!!

Blog do Vascão disse...

Começam a surgir as desculpas para as derrotas do menguinho, já era de se esperar kkkkk...

Já estão arrumando pretestos para dificultar o título do São Paulo.

Tomara que o Bruno Senna consiga com o passar do tempo matar um pouco da saudade do Airton Senna ganhando um título mundial de F1.

Abraço
Jeferson

Fernando Gonzaga disse...

a mala branca sempre existiu, principalmente quando a competição se aproxima do fim...

duvido o São Paulo perder algum mando de campo, se fosse outro time de pouca expressão certamente seria punido...

abraço!!

Claudio Henrique disse...

A diretoria do Cruzeiro nega, mas será que teve "mala branca" nessa história mesmo?

Abraços

Carlos Henrique Pereira disse...

Não vejo nada de errado na mala-branca, seja ela às claras ou por baixo do pano. Afinal, é só um incentivo para que os jogadores não facam nada além da sua obrigação: jogar bem. O time do Flamengo decepcionou todos os seus torcedores ao entrar em campo completamente desorientado.

Em relação à perda de mando de campo do São Paulo, só se os juízes do STJD forem acometidos por algum mal súbito, pois esse time não costuma ser punido.

Quanto ao Senna, é esperar pra ver. Criar muitas expectativas em cima de um piloto, ainda mais comparando-o com Ayrton Senna acaba complicando a imagem dele perante o público brasileiro. É só ver o que aconteceu com Rubinho.

Abraço,

Visitem:
http://blogcraquesdebola.blogspot.com

Pauliran Cirqueira disse...

BOM DIA PARCEIRO MASSA O SEU BLOG DA UMA OLHADO NO NOSSO E OPNE ABRAÇÃO!!

http://bolerosdeplantao.blogspot.com/

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More