quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Série O Futebol Perdido - Criciúma E.C.

O Blog Esporte Total começa hoje uma série de reportagens que retrata a difícil realidade de alguns times que, mesmo considerados pequenos pelos brasileiros, em algum dia no passado tiveram grande destaque e importância no cenário esportivo brasileiro e internacional, e começaremos a nossa série de reportagens pelo sul, com o Criciúma Esporte Clube.



Nome: Criciúma Esporte Clube
Fundação: 13 de maio de 1947 (62 anos)
Títulos: 1 Copa do Brasil, 2 Série B, 1 Série C, 9 Catarinenses
Ranking da CBF: 28º Lugar, com 662 pontos
Ídolos: Felipão, Paulo Baier, Roberto Cavalo, Jairo Lenzi, Maicon, entre outros

CONQUISTAS

Criciúma Esporte Clube, um dos mais tradicionais clubes de Santa Catarina, apontado por muitos como o maior daquele estado; e os números podem mostrar isso também.
Além dos 9 Campeonatos Catarinenses conquistados pelo time, o Tigre possui também o maior título nacional conquistado por equipes catarinenses, a Copa do Brasil de 1991, derrotando o Grêmio na final, e é também a única equipe do estado a disputar a Copa Libertadores da América, terminando surpreendentemente na 5ª colocação do torneio. Conquistou também dois Campeonatos Brasileiros da Série B, em 1986 e 2002, e uma Série C, em 2006, além de 11 participações na primeira divisão do brasileiro, chegando em 6º no campeonato de 1987.

ÉPOCA DE OURO

Criado em 1947, com o nome de Comerciário, o time disputava torneios regionais, conquistando seu primeiro título menos de um ano após sua fundação, o Comerciário repetia a fórmula de sucesso, vencendo campeonatos nos nãos de 1948, 1949 e 1951.
Em 1955 o time inaugurou seu estádio, o Heriberto Hulse. O time continuou a série de conquistas até 1960.
Em 1970, atingido por uma grave crise, o time teve que encerrar as atividades do futebol profissional, voltando apenas sete anos depois, em 1977.
Passando por uma profunda reformulação, o Comerciário passou a se chamar Criciúma Esporte Clube em 1978. Somente seis anos depois, o Criciúma mudou seu uniforme, passando para o Preto, Amarelo e Branco que vigora até hoje, e apresentando o novo Escudo. E essa reforma fez bem ao clube, dois anos após o “renascimento” o Criciúma comemorava seu primeiro título estadual.
Em 1986, o Criciúma viria a ser um doa quatro campeões da Série B daquele ano, titulo que não é reconhecido pela CBF, uma vez que a competição não era oficial.
Vencendo ainda o estadual e 1989, 1990 e 1991, o Criciúma chegou à principal fase de toda a sua história. A conquista da Copa do Brasil de 1991 é, até hoje, o principal título do futebol catarinense, título que rendeu ao Criciúma a inédita participação de um time do estado na Copa Libertadores. O título veio em uma final com o Grêmio, com um empate em 1x1 no Olímpico e 0x0 no Heriberto Hulse, o Tigre sagrou-se campeão pelo saldo de gols.
Em 1992, a Copa Libertadores teve um time que surpreendeu a América, o Criciúma. O time fez uma ótima campanha na competição, e terminou o torneio na 5ª posição, passando por Sporting Cristal, e sendo eliminado pelo São Paulo nas quartas-de-final.
Após mais alguns estaduais, o Criciúma chega ao seu segundo título da Série B, em 2002, derrotando o Fortaleza em uma final emocionante. Após perder por 2x0 no Ceará, os times novamente se enfrentaram, desta vez em Santa Catarina, e debaixo de forte chuva. O Criciúma conseguiu reverter a boa vantagem do Fortaleza e aplicou 4x1, e o Tigre voltara à primeira divisão após 5 anos longe dela.
Em 2003 o Criciúma conseguiu permanecer na série A do brasileirão, mas não repetiu o feito em 2004. E os problemas começaram.

DEPRESSÃO

Depois de ser rebaixado para a série B em 2004, o tigre caiu novamente, para a série C, no ano de 2005.
Os anos de 2006 e 2007 pareciam ser a ressurreição do Criciúma. Após uma boa campanha, o Criciúma foi campeão da Série C em 2006, retornando à segunda divisão.
A segundona de 2007 parecia do Criciúma já no primeiro turno. O time arrasava, vencia jogos e ficava na primeira colocação, mas isso durou até o returno. A partir da segunda fase, o time desandou; a fórmula do sucesso parecia ter sido esquecida, e o Criciúma acabou o campeonato na sétima colocação, sem contar que, no catarinense do mesmo ano, o time foi o que mais pontuou na primeira fase, porém acabou sem o título.
Em 2008 o filme do catarinense se repetiu: uma campanha arrasadora no primeiro turno culminando no vice-campeonato, ao final. O Criciúma começara uma nova edição da Copa do Brasil pensando no bi, porém o sonho acabou logo nas Oitavas de Final, contra o Vasco. E o ano não poderia terminar de uma maneira mais trágica. Após uma campanha ruim na Série B, o Criciúma mais uma vez é rebaixado para a terceira divisão do futebol brasileiro.
Nesse ano o Criciúma teve uma campanha razoável no campeonato. O time venceu o primeiro turno e teve uma campanha pífia no segundo, ficando na penúltima posição, mas mesmo assim conquistou vaga para a final, por ter vencido um dos turnos do campeonato. No Quadrangular Final foi o último colocado, com apenas 3 pontos.
A campanha na Série C também foi fraca. O time não passou nem perto da classificação, mas também ficou razoavelmente longe do rebaixamento.
Contudo, resta agora ao Criciúma planejar um 2010 mais vitorioso, e torcer para que o time volte aos tempos de glórias.

por Luiz Felipe

12 comentários:

Saulo disse...

Muito legal essa série. Tá de parabéns.

O Criciúma já teve seu momento muito bom e depois caiu muito de produção. Eu até que me simpatizo com o Criciúma e queria ver esse clube em situação melhor.

Blog do Deco disse...

lembro que ele meteram 4 no meu SPFC...........

Row51 disse...

Muito legal essa matéria....já indiquei o blog de vocês no meu, se possível, façam o mesmo.

http://row51.blogspot.com

Wilson Hebert disse...

Luiz Felipe e Peixe, vocês estão de parabens!

Excelente quadro. Tem o meu apoio!

O meu Flamengo já levou uma porrada do Criciuma também. Se não me engano, foi 6 a 2. Com direito a dois frangos do Julio Cesar.

E teve um jogo, lá no Heriberto Hulse, que o primeiro tempo acabou 3x0 pro Tigre. Eu já estava desesperado...

No segundo tempo, foi incrível, com uns 16 ou 17 minutos de jogo, o Fla já tinha empatado em 3 a 3. Mas pra minha tristeza, no finalzinho, o Criciuma meteu o quarto gol... Putz!

O Criciuma realmente é um time com muita historia pra contar.

A ideia do quadro é excelente. Espero ver os cariocas ai tambem como América, Olaria, Bangu, Bonsucesso...

Abração!

******
Querem acompanhar outra série historica?

http://pitacosdobodaum.blogspot.com

O Futebol Recordação, toda terça-feira, posta sobre um campeão do Campeonato Brasileiro.

André Garcia disse...

Muito bacana a matéria.
Mas eis aqui uma crítica construtiva: faltou dar maior destaque à conquista da Copa do Brasil, apontando o papel de Felipão nisso e citando os principais jogadores daquele feito. Vocês citaram os ídolos do clube mas não os relacionaram na história, ou seja, o porquê de serem considerados como tal.

Um abraço, aguardo novas matérias.

Ale disse...

mto boa essa serie ein!!! qndo vao falar do meu Grêmio??

http://ale-gremista.blogspot.com/

Leonardo Resende disse...

Fala galera,

Muito boa essa série. Sugiro pra próxima falar sobre Remo ou Paysandu, dois gigantes do norte do país que sumiram.

Quanto ao Cricíuma, deve até ser dificil para os torcedores do maior clube catarinense ver as ascendencias de Avaí e Figueira e ver o clube do coração só caindo...

Visite também o Rio Futebol, se puder!
Grande abraço,

Leonardo Resende
Rio Futebol
http://riofutebol.blogspot.com
adm.riofutebol@gmail.com

Equipe Esporte Total disse...

Equipe Esporte Total:
Olá pessoal, vamos passar para vocês a sequência dos times na ordem em que serão retratados pela nossa série:

* Criciúma
* Paulista
* Guarani
* Botafogo SP
* Bangu
* América RJ
* Villa Nova
* América MG
* CSA AL
* Santa Cruz
* Paysandu
* Remo
* Nacional AM

Anônimo disse...

Opa ... legal a matéria!
Seria legal mostrar pro Brasil as outras 3 equipes que formam o grupo dos 4 grandes em SC

AVAI
JOINVILLE EC
FIGUEIRENSE

Anônimo disse...

É JOINVILLE, CRICIUMA VAI FECHAR LOGO LOGO, TA MAIS FALIDO DO QUE QUALQUER OUTRA COISA

wladmir mello disse...

pior é o figayra de sc que so nao fechou as portas,por que o paulo prisco paraiso roubou as letras do estado sc e investiu nesse time

Anônimo disse...

cricuma e o time de santa catarina tropa de manezinho de floripa tigao eo eoeo

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More