terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Pré jogo: Cruzeiro e Colo Colo


Cruzeiro e Colo Colo entrarão em campo amanhã em jogo válido pela segunda rodada do grupo 7 da Libertadores. A partida acontecerá no Mineirão ás 19:30 horas no horário de Brasília.

Para nós brasileiros conhecermos mais a equipe do Colo Colo , entrei em contato com o chileno Esteban Lob, que tem 74 anos e exerce a profissão de jornalista esportivo a mais de 50 anos.

Abaixo ele falará um pouco do time que duelará com o Cruzeiro no Mineirão.

“O Colo Colo é uma equipe renovada com relação a que teve êxitos e problemas com Cláudio Borghi no comando, mas que acabou chegando a uma final sul-americana. Contava com figuras como Humberto Suazo, hoje no Zaragoza, Aléxis Sanches, agora na Udinese, entre outros.

O Colo Colo viveu uma traumática experiência sob o comando de Marcelo Barticcioto, em que se enfrentaram publicamente jogadores e treinador, no entanto ganhou um título nacional. Nisso tudo se destacou o argentino Lucas Barrios, hoje na Alemanha. Até que chegou o treinador argentino, campeão mundial juvenil pela seleção sub-20 da Argentina, Hugo Tocalli, que teve a missão de superar a má passagem de Barticcioto pelo Colo Colo, após um mau começo, Tocalli foi campeão do Clausura (2º turno do campeonato chileno) em 2009.

No último sábado o Colo Colo, poupando titulares, venceu o Audax Italiano, por 3 a 2, depois de estar perdendo por 2 a 0, mas com a entrada dos titulares habituais, o argentino Ezequiel Miralles e o colombiano Macnelly Torres, as coisas mudaram e o Colo Colo acabou por vencer a partida.

Contrariando o futebol rápido e ofensivo, adotado pelos dois últimos treinadores, Tocalli mira sua equipe à ação defensiva, e isto têm causado problemas no campeonato local e também na Libertadores, diante do Deportivo Itália da Venezuela a equipe ganhou por apenas 1 a 0, atuando mal, apesar de jogar dentro de casa. O gol foi marcado pelo goleador Paredes, que chegou este ano vindo de um clube pequeno do Chile, o Santiago Morning. Ele é uma figura a se considerar. No restante da equipe há igualdade entre os setores, se tratando de deficiências e virtudes.

No gol, o titular que foi campeão no ano passado com a equipe, Cristian Muñoz, saiu do time, por conta de desentendimentos com o treinador Tocalli, desde então ainda há duvidas sobre o titular da posição. Contra o Audax o titular foi Alex Veloso, mas Tocalli agrada mais o goleiro Prieto, que é muito irregular e que se não estiver em uma noite inspirada, poderá causar problemas ao Colo Colo na quarta, diante do Cruzeiro.”

Agradeço ao Esteban por essa importante participação, que certamente nos ajudou a conhecer mais o Colo Colo.

Será um jogo muito bom amanhã no Mineirão, trata-se de duas equipes que tiveram o gostinho de ganhar a Libertadores. O Cruzeiro terá que vencer a todo custo, pois em sua estréia foi derrotado pelo Vélez por 2 a 0 na Argentina. Já o Colo Colo precisa conquistar pontos também fora de casa, para ajudar no futuro em caso de classificação.

Esteban disse que o treinador Tocalli está adotando um esquema muito defensivo, o que pode complicar a vida da Raposa durante a partida. A equipe terá que ser inteligente para vencer a equipe chilena. Caso queira conquistar um bom resultado dentro do Mineirão o Colo Colo não poderá apenas defender, pois o Cruzeiro tem uma equipe de qualidade e terá apoio incondicional de sua torcida que promete lotar o Mineirão.


André Peixoto

(Foto: SuperEsportes)

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More